Em emotivo comercial para muçulmanos, garotinha ameaça um homem-bomba

Por Diogo Bercito

Uma garotinha ameaça um terrorista enquanto ele se prepara para um atentado suicida — como aquele que deixou 22 mortos na semana passada, em Manchester. “Vou contar tudo a Deus”, ela diz. “Que você lotou nossos cemitérios e esvaziou nossas mesas na escola. Que você criou desordem e escureceu nossas ruas. E que você mentiu. Deus tem conhecimento de todos os segredos.”

Essa forte mensagem é o centro de uma propaganda divulgada há alguns dias pela empresa de telecomunicação Zain, do Kuait. O vídeo foi produzido para o mês sagrado do ramadã, iniciado na sexta (26), durante o qual muçulmanos jejuam e intensificam as rezas. Costuma ser um período de mais atentados, porque extremistas acreditam que é um momento sagrado para seus ataques.

Depois de se preparar ao atentado, o terrorista é recebido em um ônibus por uma criança vestida como Omar Daqneesh — famoso por uma fotografia em que aparece sujo e ensanguentado em uma ambulância em Aleppo. Outras pessoas tentam convence-lo a mudar de ideia. Eles cantam, por exemplo, em uma escola arruinada por uma explosão. O vídeo abaixo tem legendas em inglês.