Em que esportes o Oriente Médio se destaca?

Por Diogo Bercito

Atletas do Oriente Médio ainda não cavoucaram o ouro na Olimpíada do Rio, mas diversos deles já foram notícia durante os jogos. Sarah Ahmed, por exemplo, consagrou-se com um bronze como primeira mulher árabe a vencer uma medalha no levantamento de peso. Ela foi também a primeira mulher egípcia a subir ao pódio nos 104 anos de participação de seu país no evento esportivo.

Mas, enquanto os placares são atualizados nesta semana, uma pergunta: em que esportes o Oriente Médio se destaca? Ainda que parcial, há uma resposta em uma reportagem publicada recentemente pelo “Independent”. O jornal britânico fez um levantamento global de em que esportes cada país tem melhor desempenho, com foco em modalidades de grupo como futebol, vôlei, handebol, basquete etc.

O mapa chamou a atenção do popular blog libanês Baladi. O Líbano é destacado pelo rúgbi, o que surpreende no país. “A maior parte das pessoas pensaria que somos melhores no basquete”, escreve o autor. Mas libaneses estão em 20º lugar no rúgbi, enquanto aparecem em 43º no basquete e em 149º no futebol. Parte da explicação, segundo o blog, é a presença de atletas australianos de origem libanesa no time nacional.

De acordo com o mapa publicado pelo “Independent”, a Síria se destaca pelo basquete, assim como a Jordânia e a Turquia. O handebol empolga na Arábia Saudita, no Kuait e no Qatar. Os Emirados Árabes –onde a temperatura nesta semana pode chegar a 47º C– têm seu melhor desempenho no hóquei no gelo.