Curtas-metragens sobre a 25 de Março

Por Diogo Bercito
Cena de "Ao Mundo Novo". Crédito Divulgação
Cena de “Ao Mundo Novo”. Crédito Divulgação

O Instituto da Cultura Árabe exibe, até 10 de março, os quatro curtas que são finalistas no concurso “Os Árabes e a 25 de Março” –um projeto que reúne produções sobre a influência dos imigrantes de países árabes nessa que é uma das ruas mais emblemáticas da cidade de São Paulo.

Quem assistir aos filmes poderá votar na produção predileta para a categoria de juri popular. Os prêmios serão anunciados em 25 de março, e farão parte da Mostra Mundo Árabe de Cinema, no segundo semestre. A competição, organizada pelo ICArabe em parceria com a Câmara de Comércio Árabe Brasileira, recebeu 30 inscrições.

Os quatro curtas que concorrem a R$ 10 mil pelo juri popular são:

AO MUNDO NOVO
A misteriosa foto em preto e branco de um homem sorridente –seu avô– conta ao diretor as suas origens. Ele conversa com o pai sobre as memórias recolhidas na rua.

25 DE MARÇO: A MEMÓRIA DO MUNDO ÁRABE
“25 de Março era eu de mão dada com meu pai”, diz o narrador, enquanto rascunha cenas de suas lembranças sobre a rua. “Imagens e cheiros dispersos. Me lembro de muita risada. Muita conversa. Muita comida.”

ARABESCOS: DO MASCATE AO DOUTOR
“No Egito eu me sentia mais estrangeiro do que aqui”, diz um personagem na abertura do curta. O vídeo traz imagens de arquivo, além de entrevistas.

O CHEIRO DE ZATTAR
Acompanha a dinâmica de uma loja árabe na 25 de Março entre a tradição e a inovação da terceira geração que está, hoje, no comando desse comércio. Inclui um divertido trecho de uma aula de árabe.

Próximas exibições:

6.mar, às 16h
Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1.000 . Grátis.

6.mar, às 20h
Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1.000. Grátis.

6.mar, às 17h e às 18h
UFABC Campus São Bernardo do Campo – Rua Arcturus, 3. Grátis.

7.mar, às 16h
Memorial da América Latina – Avenida Auro S. de M. Andrade, 664. Grátis.

9.mar, às 18h30
Cine Caixa Belas Artes – Rua da Consolação, 2.423. Ingresso a R$ 6.

10.mar, às 20h
Escola Livre de Cinema e Vídeo – Avenida Utinga 136 – Santo André. Grátis.