O Iraque precisa de bolas de futebol

Por Diogo Bercito

Descobri, já depois de deixar o Iraque, um interessante projeto social que vale uma espiada (clique aqui). Chama-se “Soccer Salam”, e aposta no futebol para aliviar o sofrimento dos milhões de iraquianos que vivem, hoje, a violência sectária e o surgimento da organização terrorista Estado Islâmico no norte de seus país. O objetivo é doar bolas de futebol a crianças carentes. Diz o site:

As necessidades das crianças e dos jovens fugindo da violência vão além da comida, da água e do abrigo. Toda criança merece uma chance de brincar. Eles precisam de oportunidades para esquecer-se do trauma da guerra e reconstruir suas vidas longe da única casa que jamais conheceram. No Iraque, especificamente, poucas coisas podem fazer uma criança mais feliz do que a alegria de jogar futebol.

O “Soccer Salam” é um projeto surgido da parceria entre veteranos de guerra americanos e a sociedade iraquiana. O grupo reúne membros do Education for Peace in Iraq Center (aqui), do Iraqi Children Foundation (aqui) e do Karadah (aqui). A bola de futebol é apenas o chamariz, e a iniciativa irá doar também suprimentos para que os refugiados sobrevivam ao difícil inverno. O objetivo é arrecadar US$ 50 mil e, assim, ajudar 5.000 crianças e suas famílias.

A proposta é, além de receber as doações, reunir vídeos e imagens de apoio ao redor do mundo, publicados com o hashtag #soccersalam.

#soccersalam