Candidato brasileiro pede o fim de Israel

Por Diogo Bercito

Um amigo brasileiro-israelense me chamou a atenção, ontem, para o horário eleitoral. Ele me escrevia com um espanto que é esperado –na propaganda de sua candidatura a deputado federal pelo PSTU-RJ, Cyro Garcia tem sua própria solução para a crise no Oriente Médio: retirada das tropas, fim do Estado de Israel, a construção de um Estado palestino laico e democrático e o rompimento das relações entre Brasil e Israel. Clique aqui para ver a página do candidato no Facebook.

Como os assuntos de política são delicados, e também não são do escopo deste Orientalíssimo blog, prefiro saber de vocês o que pensam desta campanha. Mas não posso deixar de notar, aqui, algumas questões:

a) o uso do conflito entre Israel e as autoridades palestinas como tema eleitoral no Brasil;

b) o fato de que o candidato proponha sua própria solução à crise, ainda que não se alinhe às alternativas defendidas pelas próprias partes envolvidas, principalmente a criação de dois Estados;

c) a suposição de que a ausência de um Estado israelense leve à criação de uma Palestina laica e democrática, quando a experiência na faixa de Gaza aponta ao extremo oposto;

d) o pedido pelo rompimento das relações entre Brasil e Israel, quando elas –apesar dos atritos recentes– movimentam fortunas e incluem diversos acordos de cooperação (clique aqui para ler um relatório do Itamaraty sobre o tema).