Orientalíssimo

por Diogo Bercito

 -

Blog sobre o Oriente Médio, é produzido por Diogo Bercito. O repórter foi correspondente da Folha em Jerusalém e é mestre em estudos árabes pela Universidad Autónoma de Madrid.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Peso pesado

Por Diogo Bercito
Tela do meu Twitter. Crédito Reprodução

Que dia pesado. A grande atração de hoje, que era o discurso do presidente Barack Obama a estudantes universitários, não foi demorada em si –mas toda a preparação e os procedimentos de segurança tomaram praticamente todo o dia dos jornalistas que, como eu, estão por conta da visita do americano a Israel até amanhã à tarde.

Tive a sorte de ser um dos repórteres autorizados a entrar no centro de convenções e me sentar diante do presidente dos EUA para assistir à, como uma colega me disse, “tentativa de correção histórica” do discurso que ele fez no Cairo em 2009. Vocês podem ler aqui o que escrevi para a Folha logo após a fala de Obama.

Por ora, venho aqui para avisá-los de que aderi, com algum atraso, ao uso jornalístico do Twitter. Agora que estou aqui, no centro do Oriente Médio, não faz sentido não ter todos os canais possíveis para me comunicar. Então, a partir de hoje, vocês me encontram também na conta @DiogoBercito.

Vou usar essa rede de microblogs, a princípio, para avisá-los das notícias mais urgentes –como os foguetes disparados hoje cedo a partir de Gaza. Mas quem sabe não consigo intercalar meus tuítes noticiosos com aquela minha proposta de encontrar as boas histórias que estão escondidas por aqui, entre tantos conflitos.

Para encerrar, vou usar a palavra que usei ali no começo do post, “pesado”, para dizer –a quem não sabe– que o nome da moeda israelense, chamada Novo Shekel Israelense, era originalmente usado como uma medida de peso nos tempos bíblicos.

Aprendi isso hoje durante a aula de árabe palestino. Não, não foi na de hebraico. E isso me faz voltar aquele primeiro post deste blog, sobre as relações entre a língua árabe e a hebraica. Porque “shekel” tem a mesma raiz que “thaqil”, do árabe “pesado”.

Nunca é excessivo reforçar as semelhanças.

Blogs da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade